segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Siga dicas de nutrição a seguir para apertar mais um furinho no cinto

Conteúdo do site MdeMulher


Banana verde
A banana verde pode ser usada em receitas ou consumida em versão de farinha
Foto: Getty Images

Apenas o exercício físico diário não basta para ter uma barriga chapada. Alguns truques de nutrição são essenciais para atingir esse objetivo. Veja algumas dicas da revista WOMEN'S HEALTH para entrar em forma para a próxima estação do calor:

Aposte na banana verde Usada em receitas, a fruta ajuda a baixar o ponteiro da balança, graças à sua porção de amido resistente. Esse nutriente, presente também no macarrão integral, na lentilha e na cevada, estimula a produção de hormônios que mandam ao organismo a mensagem de que é hora de parar de comer.

Desencarne Dê um tempo do churrasco. Um estudo publicado no periódico "International Journal of Obesity" demonstrou relação entre a ingestão de carne vermelha e o risco de obesidade e de aumento no volume abdominal. "Recomenda-se o consumo de até 120 g por dia, o que equivale a um bife grelhado ou duas fatias de carne assada", afirma a nutróloga Tamara Mazaracki, do RJ.

Mais vinagre, menos gordura É o que sugere um trabalho publicado na revista científica "Journal of Food and Chemistry". Realizado por pesquisadores japoneses, o estudo demonstrou que o vinagre acelera a eliminação de gordura pelo organismo. Abuse dele nas saladas.
Pera
Pera é uma fruta diurética
Foto: Getty Images

Não deixe as peras na geladeira... ...por muito tempo. Quem come essa fruta ingere menos calorias durante o dia todo e perde mais peso. Essa foi a conclusão de um estudo publicado na revista científica "Nutrition". Isso acontece porque a pera é rica em fibras, que promovem saciedade, e ainda tem ação diurética.

Conhece o cromo? Esse mineral que equilibra os níveis de açúcar no sangue e evita os picos de fome é capaz de reduzir a gordura corporal, especialmente onde ela é mais odiada: no abdômen. Como se isso não fosse suficiente, ele faz com que o carboidrato seja aproveitado como fonte de energia e não fique armazenado sob a forma de gordura. Boas fontes de cromo são levedo de cerveja, cogumelo e nozes.
Vagem de feijão branco
Vagem de feijão branco
Foto: Getty Images

Sem preconceito O feijão-preto e o feijão-carioca, aquele marronzinho, são paixões nacionais. Mas muita gente não tem o costume de comer a versão branca da leguminosa, que, segundo pesquisadores da Universidade do Colorado, nos EUA, é carregada de amido resistente, que, além de promover saciedade, aumenta a queima de gordura e o peristaltismo intestinal. O feijão-branco pode ser consumido sozinho ou usado como ingrediente no preparo de pratos. Até mesmo na feijoada ele faz bonito.

Com vocês, a toranja Comer metade dessa fruta, também conhecida como grapefruit, antes de cada refeição ajuda a reduzir o manequim. É o que garantem cientistas da Clínica Scripps, nos EUA, que atribuem esse benefício a um composto presente na fruta que regula a insulina, hormônio envolvido no estoque da gordura.
Copo de limonada
Limonada ajuda a aliviar o inchaço
Foto: Getty Images

À moda suíça O suco de limão é diurético e alivia o inchaço. Mas, se a limonada for feita com a casca da fruta, o beneficio é ainda maior. O bagaço contém pectina, uma fibra solúvel que dá sensação de saciedade.

Gordura X gordura Um estudo publicado na revista científica da Associação Internacional para o Estudo da Obesidade revelou que as gorduras do coco - ácido láurico e monolauril - não ficam estocadas nas células. Elas geram energia sem aumentar os pneuzinhos e ainda auxiliam a regular o funcionamento da tireoide. A fruta deve estar madura e pode ser consumida desidratada. Coloque 1 ou 2 colheres (sopa) no iogurte ou consuma de 20 a 30 g por dia da fruta cortada em lascas, como petisco na hora do lanche.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Siga dicas de nutrição a seguir para apertar mais um furinho no cinto

Conteúdo do site MdeMulher


Banana verde
A banana verde pode ser usada em receitas ou consumida em versão de farinha
Foto: Getty Images

Apenas o exercício físico diário não basta para ter uma barriga chapada. Alguns truques de nutrição são essenciais para atingir esse objetivo. Veja algumas dicas da revista WOMEN'S HEALTH para entrar em forma para a próxima estação do calor:

Aposte na banana verde Usada em receitas, a fruta ajuda a baixar o ponteiro da balança, graças à sua porção de amido resistente. Esse nutriente, presente também no macarrão integral, na lentilha e na cevada, estimula a produção de hormônios que mandam ao organismo a mensagem de que é hora de parar de comer.

Desencarne Dê um tempo do churrasco. Um estudo publicado no periódico "International Journal of Obesity" demonstrou relação entre a ingestão de carne vermelha e o risco de obesidade e de aumento no volume abdominal. "Recomenda-se o consumo de até 120 g por dia, o que equivale a um bife grelhado ou duas fatias de carne assada", afirma a nutróloga Tamara Mazaracki, do RJ.

Mais vinagre, menos gordura É o que sugere um trabalho publicado na revista científica "Journal of Food and Chemistry". Realizado por pesquisadores japoneses, o estudo demonstrou que o vinagre acelera a eliminação de gordura pelo organismo. Abuse dele nas saladas.
Pera
Pera é uma fruta diurética
Foto: Getty Images

Não deixe as peras na geladeira... ...por muito tempo. Quem come essa fruta ingere menos calorias durante o dia todo e perde mais peso. Essa foi a conclusão de um estudo publicado na revista científica "Nutrition". Isso acontece porque a pera é rica em fibras, que promovem saciedade, e ainda tem ação diurética.

Conhece o cromo? Esse mineral que equilibra os níveis de açúcar no sangue e evita os picos de fome é capaz de reduzir a gordura corporal, especialmente onde ela é mais odiada: no abdômen. Como se isso não fosse suficiente, ele faz com que o carboidrato seja aproveitado como fonte de energia e não fique armazenado sob a forma de gordura. Boas fontes de cromo são levedo de cerveja, cogumelo e nozes.
Vagem de feijão branco
Vagem de feijão branco
Foto: Getty Images

Sem preconceito O feijão-preto e o feijão-carioca, aquele marronzinho, são paixões nacionais. Mas muita gente não tem o costume de comer a versão branca da leguminosa, que, segundo pesquisadores da Universidade do Colorado, nos EUA, é carregada de amido resistente, que, além de promover saciedade, aumenta a queima de gordura e o peristaltismo intestinal. O feijão-branco pode ser consumido sozinho ou usado como ingrediente no preparo de pratos. Até mesmo na feijoada ele faz bonito.

Com vocês, a toranja Comer metade dessa fruta, também conhecida como grapefruit, antes de cada refeição ajuda a reduzir o manequim. É o que garantem cientistas da Clínica Scripps, nos EUA, que atribuem esse benefício a um composto presente na fruta que regula a insulina, hormônio envolvido no estoque da gordura.
Copo de limonada
Limonada ajuda a aliviar o inchaço
Foto: Getty Images

À moda suíça O suco de limão é diurético e alivia o inchaço. Mas, se a limonada for feita com a casca da fruta, o beneficio é ainda maior. O bagaço contém pectina, uma fibra solúvel que dá sensação de saciedade.

Gordura X gordura Um estudo publicado na revista científica da Associação Internacional para o Estudo da Obesidade revelou que as gorduras do coco - ácido láurico e monolauril - não ficam estocadas nas células. Elas geram energia sem aumentar os pneuzinhos e ainda auxiliam a regular o funcionamento da tireoide. A fruta deve estar madura e pode ser consumida desidratada. Coloque 1 ou 2 colheres (sopa) no iogurte ou consuma de 20 a 30 g por dia da fruta cortada em lascas, como petisco na hora do lanche.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget