terça-feira, 20 de abril de 2010

Almoçar bem é o segredo para perder peso sem passar fome

 
 
 
A refeição evita os assaltos à geladeira e os lanches fora de hora


Importância

Cada refeição tem a sua importância, pois fornecem nutrientes diferentes e em quantidades importantes para que a alimentação do dia fique balanceada. O almoço é a segunda refeição principal do dia e não deve ser omitido. Ele irá fornecer energia para que possa seguir o dia desenvolvendo as atividades adequadamente. Muitas pessoas relatam que, à noite, sentem muita fome e cometem excessos nesse período. Normalmente, isso acontece quando o almoço foi deixado de lado. 



Alimentos

O almoço é uma refeição em que a variedade de alimentos fornece grande diversidade de nutrientes. Carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais estão presentes nos alimentos típicos dessa refeição. Os carboidratos estão presentes nas massas, arroz, batata, legumes e frutas. As principais fontes de proteínas são as carnes e as leguminosas (feijão, lentilha, soja, grão de bico). As gorduras estão presentes nas carnes e no óleo utilizado para temperar os alimentos. As vitaminas e minerais estão em quantidades maiores nas verduras e legumes e, por isso, esses alimentos devem estar presentes diariamente no cardápio.

Opções de alimentos 


Saber escolher os alimentos corretamente no almoço irá estimular a saciedade e, de quebra, fornecer poucas calorias, tornando a refeição adequada nutricionalmente e controlando o peso. Quanto mais simples as preparações, mais adequada será a refeição. Assim, optar pelos legumes cozidos, em vez de gratinados ou fritos, irá reduzir a quantidade de gorduras. Carnes grelhadas são menos calóricas do que as fritas, empanadas ou à parmeggiana. Arroz e feijão é a dupla nacional perfeita! Verduras temperadas com azeite, limão ou vinagrete estimulam o paladar. Para fechar a refeição com chave de ouro, a escolha perfeita é uma fruta da estação. Durante a refeição é permitida a ingestão de bebida, mas em pequena quantidade ? no máximo, um copo pequeno (200 mL), dando preferência para sucos naturais ou água.   Exemplo de almoço

- 3 colheres (sopa) cheias de arroz cozido
- 0,5 conchas média de feijão cozido
- 1 filés médio de filé de peixe cozido
- 1 colher (sopa) cheia de vagem cozida
- 1 colher (sopa) cheia picada de cenoura cozida
- 3 colheres (sopa) cheias picada de rúcula
- 2 colheres (sopa) rasas de molho de iogurte
- 1 fatia pequena de melão

2 comentários:

  1. Oi, florzinha...
    Pois é. Depois que comecei a RA, o almoço (e não o jantar) passou a ser minha prioridade.
    E deu certo!!!
    Beijos meus.

    ResponderExcluir
  2. OI fLOR
    Na dieta das proteinas não pode leite, mas pode maionese, isso só nos primeiros 7 dias, depois vc vai introduzindo carbo aos poucos e se vc gosta de leite comece por ele...é dificil no começo, mas olha oq minha amiga simone disse, não devemos nos privar muito tempo dos carbo, depois de uma semana voltar a comer uma porção, pq se ficarmos sem, quando voltarmos o organismo vai absorver tudo e engordamos novamente pq o corpo vai estar carente do carbo, então é só uma semana de dieta viu, só para sacudir o metabolismo...Boa sorte...beijão

    ResponderExcluir

terça-feira, 20 de abril de 2010

Almoçar bem é o segredo para perder peso sem passar fome

 
 
 
A refeição evita os assaltos à geladeira e os lanches fora de hora


Importância

Cada refeição tem a sua importância, pois fornecem nutrientes diferentes e em quantidades importantes para que a alimentação do dia fique balanceada. O almoço é a segunda refeição principal do dia e não deve ser omitido. Ele irá fornecer energia para que possa seguir o dia desenvolvendo as atividades adequadamente. Muitas pessoas relatam que, à noite, sentem muita fome e cometem excessos nesse período. Normalmente, isso acontece quando o almoço foi deixado de lado. 



Alimentos

O almoço é uma refeição em que a variedade de alimentos fornece grande diversidade de nutrientes. Carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais estão presentes nos alimentos típicos dessa refeição. Os carboidratos estão presentes nas massas, arroz, batata, legumes e frutas. As principais fontes de proteínas são as carnes e as leguminosas (feijão, lentilha, soja, grão de bico). As gorduras estão presentes nas carnes e no óleo utilizado para temperar os alimentos. As vitaminas e minerais estão em quantidades maiores nas verduras e legumes e, por isso, esses alimentos devem estar presentes diariamente no cardápio.

Opções de alimentos 


Saber escolher os alimentos corretamente no almoço irá estimular a saciedade e, de quebra, fornecer poucas calorias, tornando a refeição adequada nutricionalmente e controlando o peso. Quanto mais simples as preparações, mais adequada será a refeição. Assim, optar pelos legumes cozidos, em vez de gratinados ou fritos, irá reduzir a quantidade de gorduras. Carnes grelhadas são menos calóricas do que as fritas, empanadas ou à parmeggiana. Arroz e feijão é a dupla nacional perfeita! Verduras temperadas com azeite, limão ou vinagrete estimulam o paladar. Para fechar a refeição com chave de ouro, a escolha perfeita é uma fruta da estação. Durante a refeição é permitida a ingestão de bebida, mas em pequena quantidade ? no máximo, um copo pequeno (200 mL), dando preferência para sucos naturais ou água.   Exemplo de almoço

- 3 colheres (sopa) cheias de arroz cozido
- 0,5 conchas média de feijão cozido
- 1 filés médio de filé de peixe cozido
- 1 colher (sopa) cheia de vagem cozida
- 1 colher (sopa) cheia picada de cenoura cozida
- 3 colheres (sopa) cheias picada de rúcula
- 2 colheres (sopa) rasas de molho de iogurte
- 1 fatia pequena de melão

2 comentários:

  1. Oi, florzinha...
    Pois é. Depois que comecei a RA, o almoço (e não o jantar) passou a ser minha prioridade.
    E deu certo!!!
    Beijos meus.

    ResponderExcluir
  2. OI fLOR
    Na dieta das proteinas não pode leite, mas pode maionese, isso só nos primeiros 7 dias, depois vc vai introduzindo carbo aos poucos e se vc gosta de leite comece por ele...é dificil no começo, mas olha oq minha amiga simone disse, não devemos nos privar muito tempo dos carbo, depois de uma semana voltar a comer uma porção, pq se ficarmos sem, quando voltarmos o organismo vai absorver tudo e engordamos novamente pq o corpo vai estar carente do carbo, então é só uma semana de dieta viu, só para sacudir o metabolismo...Boa sorte...beijão

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget